contato@gabrielkehdi.com

Telefone: (11) 99635 0396

Atendimento Grande São Paulo

© 2026 por Gabriel Kehdi 

Sistema de melhoria contínua aplicado em Áreas Verdes

Uma área verde é um ambiente de descanso, relaxamento, recreação, contemplação. E por mais que inspire tanto prazer e tranquilidade, não é um ambiente simples de administrar.

Aliás, quando nos deixamos levar pela falsa impressão de que uma área verde é um espaço fácil, corremos grandes riscos: tanto de saúde quanto financeiro.

Uma área verde é um espaço de diversas interações. Vegetação, solo, água, frequência de visitantes, limpeza, arborização, manutenção e obras, projetos, revitalização... ufa! E quem dita e estabelece a lista de atividades da sua área verde? Se você não tem (ou é) um encarregado especialista no assunto, então você está inserido na grande maioria que deixa o TEMPO e o ACASO tomarem conta do seu espaço.

Claro que uma área verde não vai implodir (mas pode acontecer.... de verdade) se tudo parece correr bem mesmo sem planejamento. Mas há muitos riscos escondidos entre a grama verde e o canto dos pássaros.

 

Um sistema de melhoria contínua é um conjunto de ferramentas administrativas com a finalidade de diagnosticar, planejar, monitorar, adequar e promover visão de futuro para uma indústria, serviço, comércio, instituição, rede, enfim. E é perfeitamente aplicável nos mais diversos formatos de áreas verdes, além de ser necessário.

 

Melhoria Contínua aplicada a Áreas Verdes
O sistema de melhoria contínua tem fundamento no conceito KAIZEN, que determina a evolução constante de qualquer sistema, correção de problemas e aprimoramentos para otimizar a aplicação de recursos. Para isso acontecer existe uma série de métodos e ferramentas administrativas, como o ciclo PDCA e o diagrama de Ishikawa. Quando aplicados para as áreas verdes, esses métodos se mesclam com práticas agronômicas, ambientais e de paisagísticas.

 

Podemos considerar que uma área verde é uma “máquina de produzir qualidade de vida e ambiental”. Aliás, existem pesquisas bastante sérias sobre todos os serviços diretos e indiretos que uma área verde proporciona para a sociedade. É o conceito chamado de Prestação de Serviços Ambientais.
Dessa forma, como uma área verde realiza a “entrega” de um serviço para a sociedade, a partir da aplicação de insumos e mão de obra para o funcionamento e manutenção dessa área verde, existe a necessidade de gerenciamento especializado, visando a otimização de todos esses recursos para garantir a melhor entrega possível.

 

Ausência de gestão e responsabilidades
Áreas verdes abandonadas aos ditames da necessidade sofrem problemas constantes de conflitos de limpeza, queda de árvores e galhos, excesso de plantas daninhas, solo pobre, plantas com deficiência de nutrientes, plantas doentes, infestação de pragas, grama falhada, erosão, canteiros bagunçados e cheios de misturas estranhas, custos emergenciais com manutenções, custos irregulares com corte de grama e poda, equipes de manutenção desmotivadas, baixa produtividade, falta de senso de propósito, monotonia, ausência de visão de futuro para o espaço....

É papel do síndico, administração ou gerência observar as necessidades da área verde sob seu comando. Se você é encarregado(a) sobre um espaço que contempla área verde, saberia dizer quantas vezes foi necessário cortar a grama no ano passado? O documento de prestação de contas pode te dar esse panorama. Mas quantas vezes foi realizada adubação? O que contemplava o serviço de corte de grama? Só corte de grama? Quantas mudas foram substituídas dos canteiros no ano passado? Quais espécies foram utilizadas? São as mais adequadas? Foi feita alguma avaliação sobre a saúde ou risco das árvores para aumentar a segurança durante as chuvas de verão? Quanto tempo demora para os funcionários realizarem a limpeza das áreas comuns? O funcionário da limpeza sofre desvio de função e executa serviços de jardinagem?
Existe um documento que reúne todas essas informações? Não? Então está na hora de considerar um sistema de gestão com melhoria contínua para a sua área verde.

O sistema de melhoria contínua é um dos elementos do sistema integrado de gestão (SIG), e quando aplicado a áreas verdes determina todos os “pingos nos is”. É realizado um levantamento completo sobre tudo o que precisa ser feito, quando, como, onde, com que custo e com qual resultado esperado.

Você conhece alguém que precisa ler urgentemente esse artigo? Compartilhe com seus amigos, colegas de trabalho ou administração do seu condomínio. Não deixe que sua área verde viva abandonada ao acaso.

 

 

Tem alguma dúvida sobre sua área verde? Entre em contato pelo e-mail contato@gabrielkehdi.com 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

POSTS RECENTES

April 25, 2019

April 11, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload