O Uso da Matéria Orgânica

Muito se fala a respeito do uso de matéria orgânica no jardim, mas quase nunca vemos a ciência por trás disso. Confira!

Antes de tudo, precisamos definir alguns conceitos. A Matéria Orgânica tem origem principalmente em restos vegetais em decomposição, folhas secas, raízes, galhos, etc. A matéria orgânica é constituída principalmente de substâncias húmicas e ácidos orgânicos. A formação da matéria orgânica ocorre pela interação complexa entre fatores químicos, físicos e biológicos. Acidez do solo, temperatura ambiente e riqueza de microrganismos no solo são fatores que afetam diretamente esse processo. Durante o processo de formação da matéria orgânica ocorrem perdas relacionadas à mineralização do material em decomposição. A mineralização consiste na transformação da matéria orgânica em substâncias simples, como sais. Esses compostos mineralizados tendem a ser perdidos por lixiviação, que é a retirada desses elementos do solo pela passagem da água. Quanto mais rápida é a transformação da matéria orgânica, menor é o tempo de estabilização das substâncias húmicas e maior tende a ser taxa de mineralização. Em países de clima subtropical e temperado, existe uma tendência de haver maior teor de matéria orgânica no solo devido ao inverno rigoroso e à redução da atividade microbiana que atua na decomposição. Em solos tropicais, o calor e