contato@gabrielkehdi.com

Telefone: (11) 99635 0396

Atendimento Grande São Paulo

© 2026 por Gabriel Kehdi 

Luminosidade certa

November 3, 2017

Você sabe qual é a luminosidade certa para suas plantas? O que é sol pleno, meia sombra e sombra? Saiba agora!

 

 Há alguns milhões de anos ocorreu o evento mais transformador de todos os tempos, que mudou a superfície terrestre completamente. A fotossíntese.

 

A fotossíntese é a transformação da energia solar em açúcares, substância essencial para sustentar o metabolismo das plantas e outros seres capazes de realizar este fenômeno. Na reação da fotossíntese, o gás carbônico presente na atmosfera terrestre é transformado em açúcares, produzindo, como efeito colateral, oxigênio. Quando os primeiros seres microscópicos começaram a fazer fotossíntese no planeta terra primitivo, toda a atmosfera tornou-se “respirável”.

 

As plantas, que evoluíram destes primeiros seres fotossintetizantes, também são capazes de transformar a luz do sol em energia na forma de açúcares. Assim podemos entender a luz solar como essencial para a vida das plantas.

 

Entendendo que toda planta precisa de luz do sol para produzir a própria energia e sobreviver, como um painel de energia solar, se colocarmos todas as plantas sob o sol do deserto e irrigar, elas iriam viver felizes para sempre, certo? Errado!

 

Cada tipo de planta possui um “teor de luz” essencial para sobreviver. Um cacto está totalmente adaptado para passar o dia inteiro recebendo luz direta do sol, calor e radiação ultravioleta. Uma samambaia daquelas bem delicadas nunca suportaria essa quantidade de luz, calor e radiação. Vamos entender quais são os 3 principais tipos de luminosidade para as plantas.

  1. Sol pleno.

O sol pleno é o regime de luz no qual a planta fica exposta diretamente aos raios do sol por mais de 6 horas no dia. Nessa luminosidade as quantidades de luz, calor e radiação são intensas, e a planta precisa estar apta a resistir essas pressões.

 

As plantas possuem um revestimento externo chamado de cutícula, uma camada de cera que protege as folhas, brotos e outras partes sensíveis às agressões do ambiente. Quanto mais adaptada a planta está ao sol pleno, mais resistente será o revestimento de cera.

 

Algumas espécies bem rústicas de sol pleno podem se desenvolver na meia sombra, apesar da baixa eficiência na utilização de alguns recursos energéticos (queda da qualidade e/ou frequência do florescimento; alteração na coloração das folhas; suscetibilidade ao ataque de pragas e/ou doenças)

 

  1. Meia-sombra. 

A meia-sombra é o regime de luz no qual a planta fica exposta diretamente aos raios do sol entre 3 a 6 horas no dia. Geralmente, os melhores horários de exposição aos raios do sol são no começo do dia e no final do dia, evitando-se os horários entre 11h da manhã e 2h da tarde.

 

Muitas plantas de meia-sombra podem suportar o sol pleno quando bem irrigadas, mas basta um breve veranico para que elas sofram ao ponto de não resistirem. Os sintomas mais evidentes do excesso de luz para as plantas são: amarelamento esbranquiçado das folhas; queimaduras nas folhas (brancas, marrons ou roxas); murcha constante das folhas.

 

  1. Sombra.

A sombra é o regime de luz no qual a planta não recebe nenhuma luz direta do sol, mas recebe claridade indireta abundante, podendo realizar a fotossíntese a partir da luz difusa. Plantas de ambientes sombreados estão geralmente relacionadas a grande disponibilidade de água e altas taxas de umidade atmosférica.

 

Muitas plantas de sombra florescem muito ocasionalmente, e isso ocorre pela escassez de luz solar. Como o florescimento exige quantidades enormes de energia da planta, ela precisa economizar essa energia ao máximo durante seu crescimento para só depois se dar ao luxo de florescer. É por essa razão que o interior das florestas tropicais é tão verde.

Cada tipo de planta possui um “teor de luz” essencial para sobreviver.

Promover a luminosidade certa para cada tipo de planta garante diversos aspectos do equilíbrio imunológico, reprodutor, metabólico, etc. Planta sem luz é uma planta enfraquecida, sem energia.

 

Compreendendo e garantindo o tipo de luminosidade ideal para as suas plantas, com certeza elas crescerão felizes!

 

Tem alguma dúvida? Escreva nos comentários!

 

#paisagismopodesalvaromundo

 

Gabriel Kehdi

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

POSTS RECENTES

April 25, 2019

April 11, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload